Você já ouviu falar sobre esse conceito criado nos anos 70 pelos ecologistas australianos Bill Mollison e David Holmgren? A Armário Orgânico conta tudo pra você.

A permacultura objetiva planejar e criar ocupações humanas sustentáveis baseadas na cooperação e interação entre homem e natureza. Para isso, une práticas ancestrais e saberes tradicionais a conhecimentos modernos e técnicas inovadoras.

Podemos dizer, então, que a permacultura é um modo de ter ferramentas para pensar o nosso dia a dia de uma maneira diferente, de forma a utilizar menos recursos naturais e gerar menos resíduos.

Ou seja, é uma forma de viver de modo mais sustentável.

No entanto, atualmente vivemos na era do consumismo e do imediatismo. A taxa de extração de recursos naturais é enorme e a geração de lixo e de emissões atmosféricas é maior que o planeta vem conseguindo resistir. Isso vem levando a uma crise ambiental, desestabilizando os sistemas naturais e afetando, como consequência, a própria vida humana.

Esse sistema é insustentável e precisa ser repensado!

permacultura-03

Frente a este cenário, a utilização dos princípios da Permacultura é uma ótima alternativa. É possível promover energia, moradia e alimentação humana de forma mais harmoniosa com o ambiente. É tudo integrado, como se fosse um único organismo vivo.

Os princípios da permacultura podem ser aplicados em qualquer escala, tanto em situações urbanas quanto rurais. Em uma grande fazenda, no quintal da sua casa, na praça do seu bairro, no seu condomínio e onde mais você possa imaginar. Basta um pouco de criatividade e força de vontade de cada um.

Experimente na sua casa!

Os pilares éticos da permacultura estão baseados em:

  • Cuidar da terra, para que os sistemas de vida se multipliquem;
  • Cuidar das pessoas, para que todos possam ter acesso aos recursos necessários;
  • Compartilhar os excedentes, de forma a alcançar os objetivos anteriores;
  • Limite de consumo, usando apenas o necessário e reutilizando sempre que possível, evitando criar lixo desnecessário.

Dentre os aspectos observados nesta escola de desenvolvimento podemos citar o planejamento da sua casa, a utilização de materiais reciclados, a utilização sustentável de madeira, a diversificação produtiva, implantação de sistemas de reciclagem, utilização de fontes alternativas de energia, a utilização de produtos de alta qualidade e que remunerem bem os produtores, etc.

ADOTE OS PRINCÍPIOS DA PERMACULTURA

Eles são aplicáveis na nossa reorganização pessoal, econômica, social e política.

Basta passar a valorizar a manutenção do ambiente natural, fazendo com que o nosso habitat adapte-se a realidade que nos circunda, e não o contrário.

Aí vão algumas dicas para você praticar a permacultura na sua casa:

  • Tenha um sistema de captação da água da chuva. Uma cisterna é uma ótima solução para economizar água e aproveitar o que a natureza provém;
  • Tenha uma horta orgânica em casa. Plantar os próprios alimentos é sustentável, é saudável e é terapêutico. Você irá contra a cultura dos agrotóxicos e do desmatamento, preservando nossas florestas e solo.
  • Recicle seu lixo. Monte um esquema de coleta seletiva na sua casa. Tenha lixeiras coloridas e envolva todos moradores com a causa. Evolua, não polua! 🙂
  • Faça compostagem doméstica. Essa é a solução pro lixo orgânico da sua casa. Recicle-o e transforme-o em adubo natural de alta qualidade pra sua hortinha.
  • Opte por fontes alternativas e renováveis de energia. Painéis solares podem ser uma alternativa viável, não gerando nenhum tipo de poluição e nem degradação da natureza, utilizando apenas a luz que vem do nosso lindo e imponente Sol.
  • Use telhados verdes e cercas vivas na sua casa. São lindos e refrescantes.
  • Limpe sua casa de forma ecológica. Fuja dos produtos tradicionais industrializados cheios de química nociva e poluentes.
  • Tenha uma alimentação mais natural. Consuma alimentos orgânicos e cultivados de forma sustentável, se possível plante-os em sua horta. Evite o consumo de carne, já que a pecuária é a indústria responsável por grande parte da poluição e do desmatamento no Brasil.
  • Opte sempre por produtos sustentáveis. Conheça a loja online da Armário Orgânico. Você encontrará roupas e acessórios sustentáveis, que utilizam matérias-primas de baixo impacto ambiental, como algodão orgânico, garrafas PET recicladas e madeira de demolição reaproveitada.
  • Deixe mais o carro na garagem.
  • Reaproveite tudo que for possível. Nunca desperdice nada.
  • Use e valorize a biodiversidade.
  • Incentive a economia solidária, as redes de trocas e o consumo consciente.
  • Promova a integração, e não a segregação.
  • Responda às mudanças com muita criatividade.

Torne-se um adepto desta filosofia de vida. Perceba que as necessidades humanas estão ligadas a soluções sustentáveis, sempre levando em consideração o equilíbrio entre os ecossistemas e o respeito ao próximo.

Lembre-se, a Permacultura é trabalhar com a natureza, e não contra ela!

permacultura-02

Quando começamos a colocar a sustentabilidade na prática começamos a perceber que precisamos de pouco para sentirmos a felicidade! Percebemos que a integração com a beleza natural é mais satisfatória e serena do que grandes conquistas no mundo urbano.

Crie dentro de si uma cultura que valoriza a mãe natureza, berço da evolução humana. Conviva com seus mistérios naturais. Desta forma você poderá alcançar um nível de qualidade de vida superior ao encontrado nos grandes centros urbanos que, em sua maioria, estão em processos acentuados de degradação.

Então, leve uma vida mais leve! Suavize seus rastros no planeta! Estabeleça em sua rotina diária hábitos simples e ecológicos.

Gostou do material! Não deixe de compartilhar com seus amigos. Dicas preciosas são feitas para serem passadas adiante 🙂 Incentive seus vizinhos a seguirem tais princípios também, crie um bairro autossustentável, uma ecovila!

Deixe um mundo melhor para os seus filhos e netos. Trabalhe para um futuro sustentável!

Não esqueça de se inscrever em nossa newsletter logo abaixo. Você receberá mais conteúdos como este e ficará por dentro do mundo da sustentabilidade.


Receba os conteúdos exclusivos!


 

Deixe seu comentário:

Comentários