Muita gente ainda não tem consciência dos impactos decorrentes da produção e descarte dos plásticos.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, através da campanha “Saco é um Saco”, entre 500 bilhões e 1 trilhão de sacolas plásticas são consumidas em todo o mundo anualmente. Se empilharmos todas as sacolinhas utilizadas somente no Brasil durante um ano, a pilha passa da atmosfera da Terra.

Achou muito? A natureza também.

O plástico é um material altamente resistente, por isso as sacolas plásticas podem durar até 400 anos na natureza!

As sacolinhas, tão práticas e gratuitas, têm um alto custo ambiental. Para sua produção são consumidos petróleo ou gás natural (recursos não renováveis) e água, e liberados gases tóxicos e do efeito estufa. Ainda, depois de usadas, muitas são descartadas de maneira incorreta, ajudando a entupir bueiros ou indo parar nas matas e oceanos, sendo ingeridas por animais, que acabam, muitas vezes, morrendo sufocados. Para completar este ciclo, pouquíssimas chegam a ser recicladas.

A grande justificativa das pessoas que dizem que precisam das sacolinhas é a embalagem do lixo. Então como podemos evitar este vício de utilizá-las na hora de embalar nosso lixo doméstico?

Nós temos a solução!

Vamos te ensinar como substituir as tais sacolinhas de lixo por sacos feitos com jornal! O papel se decompõe muito mais rapidamente no ambiente.

Confira o passo a passo no vídeo abaixo:


Você pode utilizar duas ou três folhas de jornal sobrepostas, de modo a deixar o saquinho mais resistente.

E aí, conseguiu? Não esqueça de ensinar seus amigos e familiares compartilhando essa experiência.

Agora você já pode dizer adeus às sacolinhas plásticas! Aproveite também que agora elas não têm mais utilidade em sua casa e leve ecobags ao mercado/feira para carregar suas compras.

Descarte de vez as sacolas plásticas da sua vida 🙂


Receba os conteúdos exclusivos!


 

Deixe seu comentário:

Comentários